Fabio Seixas, versão txt

« JPG Magazine, a crise e a co-criação | Main | “Meu iPod é Sony” »

Startup brasileira é processada pelo Facebook
janeiro 3, 2009, 2:52 AM por Fabio Seixas

Notícias não muito boas atingem uma startup brasileira.

A poucas horas atrás, o New York Times publicou a notícia de que o Facebook está processando a Power.com, uma startup brasileira baseada no Rio de Janeiro, por infringência de direito autoral e marca, concorrência desleal, violação do Computer Fraud and Abuse Act, entre outras acusações.

A Power.com é uma empresa que se propõe a ser um gateway para várias redes sociais e para isso, coleta informações de logins dos usuários e suga coleta informações das redes sociais.

Segundo NYT, as empresas vinham conversando para tentar acertar uma forma de trabalharem juntas, até o momento, sem sucesso.

A Power.com, após tomar conhecimento do processo, suspendeu a parte do serviço que se conecta ao Facebook.

O jornal americano disponibilizou na integra o processo iniciado pelo Facebook (PDF).

Veja aqui a integra do artigo publicado no NYT.

Em 2007 tive a oportunidade de conhecer Steve Vachani, co-fundador da Power.com, após ter conhecido Eric Santos, também co-fundador. Não tenho dúvida de que os fundadores são empresário éticos, apesar de não apoiar algumas das práticas adotadas pela empresa. Durante uma conversa, cheguei a questionar Eric sobre a infrigência dos termos de uso das redes sociais. Pude perceber que estavam cientes dos riscos envolvidos. É claro que existe a interpretação dos termos de uso mas será isso julgado no processo.

Veremos como isso desenrola. Espero que a Power.com possa achar um caminho "correto" para trabalhar com as diversas redes sociais




Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (9) | trackback (0)
Link para este post:


Trackback Pings

TrackBack URL para esse post:
http://www.fabioseixas.com.br/mt/mt-tb.cgi/528

Comentários

Interessante que a Power estava com uma promoção bem legal inclusive dando dinheiro... e agora vem o Facebook melar tudo... lamentável.

Postado por: Fábio Santos em janeiro 3, 2009 1:00 AM


Realmente lamentável, a Power.com estava numa guinada incrível. Mas pode ser que o NYT mostrando o caso tenha seu lado bom, atraindo mais usuários. Por enquanto ficamos na torcida pela startup.

Postado por: Leandro Reinaux em janeiro 3, 2009 7:15 AM


Oi Fábio. Senti um certo veneno no "suga informações das redes sociais" :) Eu entendo muito bem que as redes sociais tem custos para oferecem seus serviços e por isso podem ter termos de uso restritivos, porém na minha opiniao, no final das contas, os dados são dos usuários, e se eles querem dar suas senhas para outros sites, problema deles. Eu li o processo todo e acho que várias das demandas do facebook sao infundadas, algumas cínicas (o facebook tb pede senhas de emails de usuários novos e envia emails pras pessoas como se um amigo tivesse enviado), e outras mal informadas. Espero que isso não dê em nada.

Postado por: Diego Sana em janeiro 3, 2009 9:13 AM


Uma pena, uma pena mesmo... Dou maior valor a Power.com, não só pelo serviço mas tb por ter gente daqui fazendo sucesso mundo afora. Tomara que entrem em acordo.

Postado por: OiYes em janeiro 3, 2009 10:11 AM


Diego, nada de venenoso no termo "sugar". :)
Preferi alterar então.

Postado por: Fabio Seixas em janeiro 3, 2009 10:19 AM


Eu não conhecia essa Power.com, vou dá uma passada por lá e conhecer o trabalho dos caras.

abraços,
Monthiel

Postado por: Monthiel em janeiro 3, 2009 10:27 AM


A Power.com alega estar fazendo um "browser", o Power Browser, com isso, pode sim pedir dados privados como senhas e armazená-los, pois seu Firefox e IE fazem o mesmo ao "lembrar a senha e autocompletar".

Eu também tenho minhas ressalvas pessoais quanto a estratégia de conseguir usuários da Power, mas quero mais é que eles façam muito sucesso e dêem muito certo no mundão.

Vamos acompanhar o caso e torcer pra tudo dar certo pra ambas as partes, Facebook e Power.

Postado por: Marco Gomes em janeiro 4, 2009 12:13 AM


Não conheço o Power.com mas é muito relevante lembrar que os dados são realmente dos usuários.

Postado por: Leandro Bulkool em janeiro 5, 2009 7:24 AM


o facebook tá com dor de cotovelo ele aki nom brasil e nada


http://culturaatual.blogspot.com/

Postado por: leonardo em março 7, 2009 8:59 PM


Comente

Aviso legal:
-Não publico comentários anônimos. "josé", "júnior", "maria" e qualquer nome que não informe claramente quem está fazendo o comentário será considerado anônimo. Seja homem (ou se preferir, tenha peito) e assuma sua posição;

-Se quiser que seu comentário seja publicado, informe claramente algum site que o identifique. Pode ser blog, Twitter, Orkut, Facebook ou qualquer perfil na internet e que, por sua vez, também não seja anônimo;

-Não publico comentários desrespeitosos, com palavras de baixo calão, preconceituosos ou que firam qualquer lei desse país;

-Não publico comentários que aparentam ser meras propagandas ou link building;

-Eu publico críticas, desde que respeitem as regras acima.




Lembrar?

(você pode utilizar algum HTML)


Please enter the security code you see here


   Powered by Movable Type