Fabio Seixas, versão txt

« TED Talks: My stroke of insight | Main | Protestos contra o Flickr Videos »

Flickr Video é de verdade
abril 8, 2008, 7:34 PM por Fabio Seixas

Conforme dito aqui anteriormente e hoje confirmado pelo TechCrunch, o Flickr está mesmo lançando o Flickr Video.

Ao contrário do que alguns imaginaram, não é objetivo do Flickr ser um substituto do YouTube. Algumas diferenças fundamentais são importantes. A mais importante é que somente usuários Pro do Flickr poderão publicar vídeos.

Outra grande diferença é o limite de 90 segundos (ou 150 megas). A idéia é tratar vídeos da mesma forma que fotos. Publicar vídeos tão pessoais quantos as fotos. Nada de conteúdo de terceiros ou material com copy-right (se bem que nada foi dito sobre proibir esse tipo de conteúdo).

Os vídeos aparecerão lado a lado com suas fotos no album e poderão ser taqueadas exatamente da mesma forma que as fotos.

Por ser extremamente simple e pelo que vi até agora, gostei. Mas acho que prefiro o Vimeo para publicar vídeos pessoais. Vamos acompanhar como o produto evolui.




Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (6) | trackback (0)
Link para este post:


Trackback Pings

TrackBack URL para esse post:
http://www.fabioseixas.com.br/mt/mt-tb.cgi/484

Comentários

Bem, eu não tenho conta "Pro" no Flickr, mas o serviço parece mesmo ser interessante.

PS.: Acho que depois eles abrirão para todos os usuários.

Postado por: Eduardo Marques em abril 8, 2008 11:48 PM


O que eu mais achei interessante nisso aí é que a qualidade do vídeo é BOA...

Postado por: Lia em abril 9, 2008 1:29 AM


Eu ia dizer a mesma coisa que a Lia.

Um grande diferencial do Flickr é a alta qualidade das fotos, o site não estraga aquela foto bacana que você tirou. Vejo muita gente que fala justamente isso quando "conhece" o Flickr.

Não poderia ser diferente com os vídeos :)

Postado por: Edu em abril 9, 2008 1:44 AM


O Flickr tem outro perfil, bem longe do YouTube...

Então o legal é que, assim como as fotos, os vídeos pendem mais para esse lado profissional dos flickers: a preocupação com a qualidade de imagem, técnica, boas cameras,...

Gostei da novidade! :)

Postado por: Lari Herbst em abril 9, 2008 8:16 AM


Pra mim a consequencia mais interessante disso é que as comunidades web se afastam da mídia em si e se focam em otura coisa: todo mundo pode ter fotos, vídeos ou textos. O flickr então não é mais sobre fotos, é sobre "dividir momentos pessoais". O vimeo é uma comunidade para "produtores, artistas, animadores e videógrafos" e o youtube é ... bem não sei o que o youtube é nesse novo cenário. São comunidades que aceitam todo tipo de mídia.

Postado por: alexandre van de sande em abril 9, 2008 10:34 AM



As pessoas passam cada vez mais tempo conectadas à internet, tanto para relacionar-se, como para comprar qualquer coisa que passe pelas nossas cabeças...
Eu já não saio mais da internet, e por isso cheguei à conclusão que se eu pudesse não pagar pela internet enquanto estivesse conectada, à uma velocidade igual à banda larga seria incrível...

Procurei e encontrei algo melhor ainda, a http://www.inteligweb.com.br/, que além de ter a opção de uma conexão em velocidade Banda Larga, ainda tem a promoção www.ganhepiii.com.br , onde você ganha dinheiro enquanto estiver conectado.

Não é o máximo??? eu estou adorando.

Postado por: Roberta em abril 14, 2008 10:47 AM


Comente

Aviso legal:
-Não publico comentários anônimos. "josé", "júnior", "maria" e qualquer nome que não informe claramente quem está fazendo o comentário será considerado anônimo. Seja homem (ou se preferir, tenha peito) e assuma sua posição;

-Se quiser que seu comentário seja publicado, informe claramente algum site que o identifique. Pode ser blog, Twitter, Orkut, Facebook ou qualquer perfil na internet e que, por sua vez, também não seja anônimo;

-Não publico comentários desrespeitosos, com palavras de baixo calão, preconceituosos ou que firam qualquer lei desse país;

-Não publico comentários que aparentam ser meras propagandas ou link building;

-Eu publico críticas, desde que respeitem as regras acima.




Lembrar?

(você pode utilizar algum HTML)


Please enter the security code you see here


   Powered by Movable Type