Fabio Seixas, versão txt
iPhone Lifestyle Companion
março 28, 2008, 12:58 AM por Fabio Seixas

Parece que a Apple tem grandes ambições para o iPhone. O blog Unwired View andou pesquisando solicitações de registro de patentes da Apple e descobriu algumas das tranquinagens que a Apple planeja para o aparelinho (aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui).

A combinação de acelerometro, câmera digital, microfone e um futuro chip de GPS irão permitir uma enorme quantidade de aplicações desenvolvidas por terceiros e pela própria Apple.

O iPhone poderá se tornar um assistente pessoal de verdade, funcionando como um personal trainer na academia, como um auxiliador em dietas ou mesmo como um assistente de compras.

Alguns rascunhos:

iphone-lifestyle-companion.jpg

iphone-fitness-trainer.jpg

iphone-lifestyle-fitness-trainer-report.jpg

Vale uma conferida no post para entender melhor o que vem por ai.





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (3) | trackback (0)
Link para este post:




Muito melhor que post pago
março 24, 2008, 10:53 AM por Fabio Seixas

Ahhh, o doce sabor do reconhecimento. Trabalhar duro para satisfazer clientes e receber em troca um post de um cliente como o Diogo Azevedo que percebeu o quanto é importante atentarmos para os detalhes.

Um post como esse é melhor do que post pago não porque é de graça, mas porque é sincero e apaixonado, porque consegue mostrar a real experiência com os olhos de quem a vivenciou.

Obrigado, Diogo.





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (9) | trackback (0)
Link para este post:




O que vem por ai no marketing e na propaganda?
março 24, 2008, 1:08 AM por Fabio Seixas

Excelente apresentação do Paul Isakson que abre nossos olhos para onde o marketing moderno está caminhando. Uma clara percepção de que os players do jogo do marketing e da propaganda estão com um novo colega, o consumidor. Incrivel pensar que o marketing antigo se preocupava de maneira errada com esta importante peça do quebra-cabeça.

Via Coletivo sem papas





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (2) | trackback (0)
Link para este post:




O impacto da Internet na política e na democracia - Uma atualização
março 24, 2008, 12:02 AM por Fabio Seixas

Em janeiro de 2006 escrevi "O impacto da Intenet na política e na democracia"

Hoje ao ler o blog do Tiago Dória, me deparei com mais um post da série "Frase da semana" que me fez perceber o quanto estamos perto da situação vislumbrada no artigo de 2006. Talvez 30 ou 40 anos seja muito tempo. Poderiamos pensar em 15 ou 20 anos?





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (0) | trackback (0)
Link para este post:




Nova home do iG
março 20, 2008, 11:18 AM por Fabio Seixas

O iG está para lançar a sua nova homepage e colocaram um demo, provavelmente interno, disponível na web: http://www.ig.com.br/tour

Achei mais organizada. Gostei também de ver que aumentaram significativamente a parte de shopping. Isso só me mostra que o comércio eletrônico anda de vento em popa e já representa uma parcela importante das receitas dos portais.

home_ig.png





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (8) | trackback (0)
Link para este post:




Entrevistas do Proxxima 2008
março 16, 2008, 8:38 PM por Fabio Seixas

O pessoal do BlogTV cobriu o Proxxima 2008 e anda publicando algumas entrevistas. Eu, Carlos Merigo, Michel Lent, entre outros, dando suas opiniões.

Pena que os vídeos não possuem opção de embedding.





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (0) | trackback (0)
Link para este post:




Matéria na Época Negócios
março 16, 2008, 7:29 PM por Fabio Seixas

A alguns meses atrás eu deu uma entrevista sobre inovação para a Época Negócios. Após alguns adiamentosa da pauta, esse mês saiu a matéria de capa sobre inovação.

Segue um trecho onde citam o case do Camiseteria:

ÚLTIMA FRONTEIRA Embora exista um credo repetido no mundo corporativo de que o consumidor não sabe o que quer - e que, portanto, não se deve dar muito crédito às suas opiniões - nos últimos anos algumas empresas começaram a correr na contramão e a lucrar com isso. O que essas companhias fazem é não apenas ouvir o que os clientes têm a dizer, mas convidá-los a participar efetivamente do processo de criação de seus produtos e serviços. Esse fenômeno está sendo chamado de "co-criação", um termo popularizado pelos consultores C. K. Prahalad e Venkat Ramaswamy no livro O Futuro da Competição, lançado em 2004. "Co-criação é mais do que focar no consumidor ou proporcionar uma customização em grande escala", afirma Ramaswamy, também diretor do Centro de Inovação da Universidade de Michigan, em entrevista a Época NEGÓCIOS. "Se você quer realmente criar valor do ponto de vista do cliente, tem de engajá-lo no processo, deixando que ele defina o que tem valor para ele." Numa apresentação recente em São Paulo, Ramaswamy esmiuçou o conceito para uma platéia de 60 executivos de grandes companhias brasileiras, num evento organizado pela consultoria Symnetics.

Após sua fala, quem pegou o microfone foi um jovem paulista criado no Rio de Janeiro, Fabio Seixas, de 32 anos, um dos únicos homens presentes que não usavam terno e gravata. Fundador da Camiseteria, ele mostrou o que faz de seu negócio um dos exemplos mais radicais de co-criação no país. A Camiseteria é uma companhia de moda que não tem um estilista sequer entre os funcionários. Qualquer pessoa pode enviar um desenho para seu site e submetê-lo à avaliação da comunidade de freqüentadores. Os desenhos que recebem as melhores notas são impressos em camisetas, vendidas online. Os vencedores recebem R$ 1 mil de prêmio (que muitas vezes trocam, espontaneamente, por crédito em camisetas). "Nosso risco é próximo do zero", diz Seixas. "Em muitos casos, vendemos uma série inteira em dois dias." Desde que foi criada, há dois anos, a Camiseteria já recebeu mais de 13 mil desenhos - 160 deles foram estampados em camisetas. Nunca uma delas foi parar numa loja de ponta de estoque, algo comum no ramo. Seixas e seu sócio, o designer Rodrigo David, já produziram camisetas com desenhos de que não gostavam. Mas a idéia é essa. "Fazemos exatamente o que o mercado quer, não o que nós achamos que ele queira", afirma Seixas. Ele diz que o modelo de negócios - inspirado numa empresa americana chamada Threadless, que foi objeto de estudo no MIT - funciona bem graças à comunidade criada em torno do site. Os usuários, geralmente aficionados por camisetas, têm blogs pessoais, trocam mensagens entre si, viram amigos. A relação deles com a empresa é tão forte que a Camiseteria não precisa contratar modelos para mostrar fotos de sua coleção: os próprios clientes se oferecem para fazer a propaganda.

Só não sei que história de MIT é essa. :)





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (1) | trackback (0)
Link para este post:




A volta por cima do Yahoo!?
março 16, 2008, 7:07 PM por Fabio Seixas

Críticas já foram feitas. Já se falou que o Yahoo! não é mais o mesmo, que não possui mais o sex appeal de empresas de Internet.

Mas à luz das últimas notícias envolvendo a empresa, parece que ela anda com fôlego de menino adolescente.

Primeiro o lançamento do Yahoo! Buzz, um concorrente de peso do jovem Digg e que, com apenas 3 semanas de vida, vem mostrando uma performance de causar inveja até mesmo ao Kevin Rose.

Depois a notícia de que o Yahoo! está adotando técnicas de Web Semântica em sua plataforma de busca, atitude digna de uma jovem empresa desbravando o incerto na tentativa de fazer seu caminho rumo ao topo. Bem, no topo o Yahoo! já está e ainda assim se mostra disposto a desbravar a Web Semântica. Esse movimento deve ainda criar oxigênio para que outras empresas passem a pensar na Web Semântica como algo mais promissor.

E por último a fresca novidade de que o Flickr, propriedade do Yahoo!, está mesmo para lançar o seu braço no mercado de vídeos online. Não que seja uma tarefa fácil. Alias, a maior barreira de entrada no Flickr Videos nem seriam os grandes sites de vídeo como YouTube e Dailymotion. Seriam os próprios usuários atuais do serviço. O Flickr, ao revolucionar a maneira como publicamos fotos na web, elevou seu sarrafo a um patamar perigoso. Fazer um serviço de vídeos online que revolucione este segmento não será trivial.

Parece que a entrada do co-fundador Jerry Yang como CEO em 2007 está dando resultado.





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (5) | trackback (0)
Link para este post:




InterMinas 2008
março 6, 2008, 11:46 PM por Fabio Seixas

logo_interminas.gif

O mundo dos eventos não para. A nova do pessoal do iMasters é o InterMinas 2008, a ser realizado dia 17 de maio, em.... Minas! :)

Parte da trupe que esteve no InterCon 2007, além de outros não menos importantes vão estar lá palestrando:

Sim, vou estar lá. Vou fazer uma despalestra com o Carlos Merigo cujo tema será "Visão crítica da nova internet e como ela influencia no Brasil"





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (4) | trackback (0)
Link para este post:




'Hot Hot Sex' do Cansei de Ser Sexy
março 6, 2008, 11:22 AM por Fabio Seixas

O clip de 'Hot Hot Sex' do Cansei de ser Sexy é, neste momento, o vídeo mais assistido de todos os tempos no YouTube, desbancando o consagrado 'Evolution of Dance'.

Os americanos começam a ficar mordidos por um vídeo estrangeiro ter aparecido no topo do ranking. Tem gente até fazendo analise de fraude do crescimento do vídeo.

Os números realmente são estranhos. A quantidade de visualizações em relação às atividades sociais (ratings e comentários) muito enormemente desproporcionais. Mas o que o analista em questão talvez não perceba é que muitas dessas visualizações podem estar sendo geradas a partir do embed em blogs e site de música. Ou pelo menos esse teria sido o Tipping Point no crescimento da populariade do vídeo.

Parece-me que o site de música Qloud é um dos alavancadores dessa popularidade. Ele sozinho gerou quase 1 milhão de visualizações para 'Hot Hot Sex', vide os top links do vídeo na página do YouTube.

Não descarto que os fãs algum fã, ou outro agente qualquer, esteja manipulando alavancando artificialmente essa popularidade, mas também não descarto a possibilidade de ser um crescimento viral sustentado.





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (13) | trackback (0)
Link para este post:




Freqüência, relevância, bons artigos e o tempo
março 2, 2008, 11:07 PM por Fabio Seixas

Esse blog aqui quem acompanha sabe que anda com uma freqüência de postagem meio baixa. Tudo se explica. De um tempo pra cá, comecei a querer postar só idéias que eram realmente boas. Bons artigos, completos, com fundamento e tudo mais. Mas, apesar da vontade em fazer acontecer, o tempo escasso não me permitiu concretizar essa meta. Tocar duas start-ups não é algo fácil.

Cheguei a fazer o rascunho de vários posts mas nunca achava que estavam bom o suficiente. Postei dois ou três artigos e nada mais.

Então, resolvi dar um passo pra trás. Vou voltar a postar mais despretensiosamente, com posts mais corriqueiros e salpicar, sempre que der, artigos mais completos e relevantes.

Dica de rodapé: Dêem uma olhada na matéria de capa da Wired desse mês: "Free! Why $0.00 Is the Future of Business" Aproveita\em que está de graça!





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (3) | trackback (0)
Link para este post:




iPhone 1.1.4
março 1, 2008, 1:37 PM por Fabio Seixas

Atualizei o iPhone para o firmware 1.1.4.

Primeiro tentei fazer o upgrade normal e rodar o ZiPhone 2.5 para fazer o unlock. O upgrade e o unlock funcionaram perfeitamente, mas houve incompatibilidade com os aplicativos instalados anteriormente via Installer.

Então resolvi restaurar o firmware apagando todos os dados. Fiz o backup dos dados antes para poder restaurar depois.

Quem quiser tentar o upgrade, sugiro desinstalar todos os aplicativos instalados via installer e atualizar a versão do installer antes de fazer o upgrade.

O brPhone não funciona na versão 1.1.4. Então sugiro usar o AppSupport 1.1.4 enquando não sai o brPhone 1.1.4.





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (37) | trackback (0)
Link para este post:






    Powered by Movable Type