Fabio Seixas, versão txt

« Um punhado de muitas coisas | Main | Start-ups e a sua carreira »

TechCrunch40 e o mercado americano de Web 2.0
setembro 19, 2007, 5:21 PM por Fabio Seixas

techcrunch40.gif


Participei nos dois últimos dias do TechCrunch40, um evento que aconteceu em São Francisco e reuniu diversas empresas web 2.0, grandes empreendedores e muitos investidores.

Fui para representar o WeShow no DemoPit, uma parte do evento dedicada à novas empresas que estão chegando ao mercado e precisam demonstrar seus produtos para investidores e possíveis parceiros.

Fiz um live blogging do evento através do Twitter.

Algumas coisas me chamaram muito a atenção em relação ao mercado americano e sobre tendências do mercado.

A primeira delas é sobre o tamanho do mercado de capital de risco americano. Eu já sabia que o tamanho do jogo lá é diferente, mas só depois de participar do evento tive a oportunidade de entender o quão grande esse mercado é. É enorme. São centenas, senão milhares, de empresas de capital de risco aportando capital em novos empreendimentos. Sem contar pequenos investidores e angel investors. Ficou muito claro para mim que o mercado de web 2.0 lá só é tão desenvolvido pois existem essas empresas financiando esse desenvolvimento.

Não enxerguei nenhuma grande tendência de bolha 2.0, apesar de ter visto alguns poucos projetos sem um modelo de negócio claro. Interessante que em quase todas as sessões de sabatina, as primeiras indagações dos investidores eram justamente sobre a viabilidade do modelo de negócio e a capacidade de geração de receita. Muito diferente do que víamos no final da década de 90.

Outro ponto de atenção foi a confirmação de como funciona o mercado de capital de risco. E isso vale para EUA ou Brasil. É possível conseguir investimento sem ter contatos, mas é extremamente mais fácil se você chegar a um investidor através da recomendação de alguém de confiança do investidor. Networking é tudo.

Já falando de mercado, a tendência foi mais do que confirmada no TC40. Todo mundo está surfando a onda do User Generated Content (UGC). Foi como postei no Twitter: User Generated (coloque aqui a sua palavra). Essa é e continuará sendo a tendência do mercado. Investidores vêem com melhores olhos projetos com base UGC.

Por fim, fico imaginando se não deveríamos promover um evento semelhante no Brasil, a fim de aproximar empresas buscando investimentos e empresas de capital de risco nacionais. Gávea Angels, Monashees Capital, Confrapar são exemplos de empresas buscando investimentos no mercado brasileiro.




Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (17) | trackback (0)
Link para este post:


Trackback Pings

TrackBack URL para esse post:
http://www.fabioseixas.com.br/mt/mt-tb.cgi/438

Comentários

Olá Fábio

Muito legal esse post! Você que sentiu na pele a diferença de tamanho do mercado, você acha que em números, qual é essa diferença ? Além do tamanho de mercado, qual é o atraso (em tempo) de lá e aqui ?

Abs
Renato
Via6

Postado por: Renato Shirakashi em setembro 19, 2007 7:10 PM


Gostei da cobertura, acompanhei tudo pelo twitter. :-)

Postado por: Silveira Neto em setembro 19, 2007 7:27 PM


Acompanhei tudo pelo twitter!
Valeu por compartilhar esses assuntos relevantes.
Abraço

meu twitter: /fspina

Postado por: Felipe Spina em setembro 19, 2007 7:49 PM


Fábio,

Precisamos sim de um evento como esse. Não só um evento, mas alguma forma de aproximar mais essas tantas startups com excelentes idéias e pouco capital investido.

Isso pode fortalecer muita nossa web e o mercado em geral.

Abraço

Postado por: Tonobohn em setembro 19, 2007 9:48 PM


Olá Fábio, tudo bem? A FINEP já promoveu 15 fóruns com este objetivo - é o Venture Forum. Podes ver em www.capitalderisco.gov.br. Aqui em Santa Catarina teremos em Novembro o primeiro Seed Forum FINEP, voltado exclusivamente a empresas nascentes ou com pouco tempo no mercado e que necessitam deste tipo de investimento. É isso, abração.

Postado por: Rodrigo Lóssio em setembro 19, 2007 10:50 PM


Renato,

Acho que vou abordar suas perguntas em outro post!

Abraço.

Postado por: Fabio Seixas em setembro 20, 2007 1:04 AM


Fabio, o mercado está líquido há bastante tempo, prova disso é a crise no subprime americano. Tá sobrando grana!

Aí as empresas (bancos) emprestam dinheiro a vontade (vide crise acima), e mais ainda, empresas de capital de risco deitam e rolam.

Lógico que nem sempre um investimento se torna uma fonte de grana garantida para esses investidores, aí eles vendem. Às vezes por mais do que compraram.

Tive oportunidade de trabalhar prestando consultoria em um due diligence da venda de uma empresa de TI para uma private equity gigante. Valores expressivos. Pude perceber que os investidores não dão ponto sem nó, e mais ainda, contratam não só uma, mas 2 ou 3 consultorias antes de botar a mão no fogo (ou na grana).

Mais do que ter networking, como vc colocou no post, é preciso ter FUTURO! Eles conhecem uma boa oportunidade porque são especialistas no mercado em que atuam.

Abraços e sucesso.

Cipriani

Postado por: Fabio Cipriani em setembro 20, 2007 11:23 AM


Grande Fábio...

Eu fico me imaginando em um evento como este. Viciado em 'novas tendências' como sou, estaria no paraíso.

Com relação ao evento no Brasil, realmente seria de grande valia para catapultar o mercado interno. Há muita, mas MUITA gente mesmo atrás de investimento nesse mercado. E EU sou um deles =D

abcs

Postado por: Rodrigo Cunha em setembro 21, 2007 1:05 AM


Excelente trabalho!

A web brasileira não poderia estar melhor representada :)

Postado por: Neto em setembro 21, 2007 6:01 PM


Fabio,

bom você ter percebido lá o que eu tento explicar para muita gente aqui no Brasil sobre mercado de risco, investimentos e networking.

Credibilidade também faz diferença e isso você tem. Falta somente uma sinergia entre os blogueiros e as empresas interessadas em investimento no Brasil.

Postado por: Gabriela (Bia) em setembro 24, 2007 11:33 AM


"Olá Fábio

Muito legal esse post! Você que sentiu na pele a diferença de tamanho do mercado, você acha que em números, qual é essa diferença ? Além do tamanho de mercado, qual é o atraso (em tempo) de lá e aqui ?" (2)

Se souber, me conte tambem.
Curiozidade mata hehe

Abs

Postado por: Felipe em setembro 24, 2007 3:25 PM


Poxa, seria uma excelênte idéia. Sempre li sobre tecnologia no Brasil e poucas vezes ouví falar sobre investimento e capital de risco. Precisamos ter mais dessa cultura. Temos que espalhar esta mensagem.

Postado por: MarcoSanto em setembro 24, 2007 11:59 PM


Legal cara... eu acompanhei tudo pelo Twitter... foi mto interessante. Parabens.

Postado por: Sergio Maia em setembro 25, 2007 11:30 AM


Oi Fábio,

excelente a idéia de produzir um eventos aos moldes do techcrunch 40. Seria um início para a gente conseguir mapear os projetos desenvolvidos no Brasil e unir forças para mostrar que tb se faz web de qualidade abaixo dos trópicos.

E parabens pela cobertura pelo Twitter.

Postado por: Mariana Berutto em setembro 27, 2007 11:57 AM


ALguem vai participar do 1º Seed Forum????????

Postado por: Mariano em setembro 28, 2007 9:17 AM


acompanhei tudo pelo twitter tambem...hehehehehe

Postado por: Web Local em setembro 28, 2007 12:02 PM


Cara, não só precisamos muito de eventos assim por aqui, como aposto que não é difícil encontrar um punhado de gente disposta a colaborar. Vide os "BlogCamps" regionais que estão pipocando por todo o país.

Acho que é só questão de alguém "considerado" dar o ponta-pé inicial. O que você acha?

Ao menos, já teríamos alguém para fornecer as camisetas não?

Postado por: Eliel em outubro 1, 2007 5:49 PM


Comente

Aviso legal:
-Não publico comentários anônimos. "josé", "júnior", "maria" e qualquer nome que não informe claramente quem está fazendo o comentário será considerado anônimo. Seja homem (ou se preferir, tenha peito) e assuma sua posição;

-Se quiser que seu comentário seja publicado, informe claramente algum site que o identifique. Pode ser blog, Twitter, Orkut, Facebook ou qualquer perfil na internet e que, por sua vez, também não seja anônimo;

-Não publico comentários desrespeitosos, com palavras de baixo calão, preconceituosos ou que firam qualquer lei desse país;

-Não publico comentários que aparentam ser meras propagandas ou link building;

-Eu publico críticas, desde que respeitem as regras acima.




Lembrar?

(você pode utilizar algum HTML)


Please enter the security code you see here


   Powered by Movable Type