Fabio Seixas, versão txt

« Contrata-se | Main | Entendendo o marketing boca-a-boca »

RSS como ferramenta de marketing
maio 18, 2006, 7:32 PM por Fabio Seixas

A Associação Americana de Marketing sugere que Marketing é "uma função organizacional e um conjunto de processos para a criação, comunicação e agregação de valor para consumidores e para a gerência do relacionamento com o consumidor de maneira a beneficiar a empresa e seus sócios".

Essa é uma frase deveras acadêmica, mas tem suas verdades. O que quero resaltar aqui é "comunicação", "agregação de valor" e "relacionamento como o consumidor". Marketing é, em sua essência, saber se comunicar e se relacionar com o consumidor agregando valor para ele. Ponto.

Todo marketeiro que se preza deve estudar e avaliar todas as formas de comunicação com o consumidor. A atenção agora fica por conta do RSS (Realy Simple Syndication).

RSS é uma forma de se comunicar através da Web, assim como o email e portando deve ser utilizado como ferramenta de comunicação de marketing.

Ferramenta
RSS pode e deve ser utilizado para disponibilização de informações pertinentes para o consumidor. Com o aumento do uso do RSS, este dente a ser uma ferramenta de disponibilização de informação muito mais eficiente que o email. O RSS é naturamente Opt-in. O usuário tem o poder total sobre se deseja assinar e ler aquele determinado conteúdo. Diferente do Opt-in do email em que você transfere esse poder para o marketeiro ao entregar seu endereço de email. Se o marketeiro for inescrupuloso ele pode ignorar seu Opt-Out e continuar te ennviando mensagens. No RSS não.

Isso leva a outra questão. Se o usuário decide quando quiser se vai continuar assinando aquele conteúdo ou não, o marketeiro tem a obrigação de fornecer conteúdo de absoluta qualidade através desse canal. Por que se o conteúdo não agregar valor, o usuario fará o Opt-out. É a seleção natural, afinal ele não consegue acompanhar mais do que uma centena de RSS Feeds. Se você parar para analisar a maioria dos emails marketing, verá que são irelevantes, inapropriados e sem conteúdo que agregue valor.

Não adianta empurar informação goela abaixo do consumidor. Ele só vai engolir se for de interesse dele.

O RSS é inversamente proporcional ao email. Enquanto em um você envia informação, no outro o consumidor é que pede informação. Isso já é uma grande mudança de paradigma na relação empresa/consumidor. Segue a mesma tendência de que no mundo do consumo, o consumidor está tomando as rédeas.

Meio/Disponibilidade
Uma empresa deve entender que seja lá qual for a informação a ser entregue e/ou disponibilizada ao consumidor, esta deve estar disponível da maneira que o consumidor quer. Se ele quer receber o conteúdo no celular, então crie esse canal. Via RSS? Mais um canal. Outdoor, jornal, TV. Todos canais. RSS é mais um canal, bem barato por sinal, e não deve ser ignorado.

Tempo otimizado
Pela mudança de paradigma e inversão do poder, o canal RSS passa a ser um otimizador de tempo, seja do cliente, seja da empresa. Ele só pára pra ler se for do interesse dele. Nada de interrompe-lo no meio da novela ou com um outdoor enquando ele aprecia a paisagem de dentro do ônibus. Por outro lado, imagine a otimização de recursos de atendimento a cliente quando você fala só com aqueles que estão interessados.

Case
O Camiseteria.com disponibiliza via RSS todo o seu catalogo de produtos. E olha que só vendemos camisetas. Imagine o Submarino ou a Americanas.com disponibilizando sua seção de promoções via RSS. O consumidor que adora ofertas relâmpago irá adorar a novidade. Irá saber se tem algo que interessa ele sem precisar visitar o site. Sim, o site, aquele que o usuário entra vê uma porção de produtos que não lhe interessa, que tem uma porção de imagens, que é pesado, que o usuário tem que clicar em 4 links até chegar na seção de promoções.

Conclusão
RSS não vai te trazer novos espectadores/consumidores. Nesse ponto a mídia tradicional continua exercendo seu papel. Mas este novo canal está se tornando um meio importante de comunicação e tende a crescer muito nos próximos anos.

Então, marketeiros, comecem a estudar como utilizar o RSS no seu marketing mix.




Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (4) | trackback (0)
Link para este post:


Trackback Pings

TrackBack URL para esse post:
http://www.fabioseixas.com.br/mt/mt-tb.cgi/125

Comentários

Assino embaixo.
Aliás, o Feed do CarreiraSolo está tentando algo neste sentido. Inclusive discutinho isso neste post aqui:

http://www.carreirasolo.org/archives/pergunta_metalingueis.html

Postado por: Mauro Amaral em maio 19, 2006 9:37 AM


Fabio, parabéns pelo post... Me deu muitas idéias... :D

Postado por: Marcio Eugenio em maio 19, 2006 9:38 AM


Parabéns pelo post....RSS é uma ferramenta muito interessante se usada de maneira inteligente a relação custo benifício é uma economia e tanto quando falamos de marketing anúncios e etc....

Postado por: Alex Camillo em maio 19, 2006 7:38 PM


Eu continuo devendo meus textos sobre como o Submarino "não entendeu". Mas basicamente acham que a "experiência" do usuário deve ficar nas mão deles e não na do usuário. O controle sobre como e por que vamos ao site deve ser controlado para ser analisado em laboratório.

Postado por: Cristiano Dias em maio 22, 2006 6:34 PM


Comente

Aviso legal:
-Não publico comentários anônimos. "josé", "júnior", "maria" e qualquer nome que não informe claramente quem está fazendo o comentário será considerado anônimo. Seja homem (ou se preferir, tenha peito) e assuma sua posição;

-Se quiser que seu comentário seja publicado, informe claramente algum site que o identifique. Pode ser blog, Twitter, Orkut, Facebook ou qualquer perfil na internet e que, por sua vez, também não seja anônimo;

-Não publico comentários desrespeitosos, com palavras de baixo calão, preconceituosos ou que firam qualquer lei desse país;

-Não publico comentários que aparentam ser meras propagandas ou link building;

-Eu publico críticas, desde que respeitem as regras acima.




Lembrar?

(você pode utilizar algum HTML)


Please enter the security code you see here


   Powered by Movable Type