Fabio Seixas, versão txt

« Copia ou inspiração? E o empreendedor brasileiro? | Main | Blogs corporativos no Brasil. E no mundo. »

O impacto da Internet na política e na democracia
janeiro 23, 2006, 8:14 PM por Fabio Seixas

Os governos e políticos precisam ficar de olhos abertos. Os eleitores também. A Internet hoje permite uma comunicação em massa entre pessoas de classe social elevada e portanto politicamente educados e formadores de opinião.

Hoje recebi 2 emails deteriorando a imagem do Presidente Lula e do PT. Neste post não vou dar minha opinião política nem tão pouco atacar ou defender o Presidente e seu partido. Apenas quero mostrar como a Internet pode ser utilizada como ferramenta de formação de opinião da massa (da massa online pelo menos).

Dos 2 emails que recebi, um era uma piada com humor duvidoso e outro um desses emails com PPS exaltando uma suposta fraude bilionária apoiada pelo partido do governo.

Independente da verdade descrita nos textos dos emails, o fato é que o eleitor é exposto a essas mensagens. E essa exposição só piora a imagem do acusado, mesmo que o conteúdo da mensagem seja falso.

A Internet está se tornando o meio pelo qual a população irá conseguir minimizar o poder dos governos e dos políticos. No futuro, digamos 30 ou 40 anos, acredito que teremos o meio online como a principal forma/ferramenta para a definição políticas e de governos tendo a população como parte principal do processo de tomada de decisão de governança de uma nação.

Talvez a Internet seja o meio que permita às diversas nações democráticas do mundo, transformar suas democracias representativas em democracias diretas.

Mesmo que alguns cientistas políticos achem que democracia direta é uma utopia, prefiro pensar que isso é possível. Para tanto basta que alguns paradigmas culturais sejam quebrados. Mas não que isso seja fácil.




Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (2) | trackback (0)
Link para este post:


Trackback Pings

TrackBack URL para esse post:
http://www.fabioseixas.com.br/mt/mt-tb.cgi/56

Comentários

Fá, vc já viu o ImprovEverywhere? Os caras combinaram de ficar só de cuecas em pleno metrô de NY. Um mico só, vários foram presos, provando mais uma vez o que já sabíamos. A rede tem força. Antigamente ouvíamos falar em 'suicídio coletivo' e outros tantos absurdos e duvidavamos q fosse verdade. A realidade está aí para quem quiser comprovar. Precisa haver muita responsabilidade. Ainda bem q desta vez o pessoal só passou um poquinho de frio.

Bjsss!

Postado por: Cris Zimermann em janeiro 25, 2006 4:41 PM


Que os meios de comunicação operam sobre a população de maneira contundente é indiscutível.
Agora, você acredita mesmo que um dia eles estarão sob controle da população?
Sim, é claro que a internet é, relativamente, democrática. E é visível também que, daqui a 30 ou 40 anos, organizações populares realmente importantes serão, necessariamente, mundiais (como hoje em dia já começam a ser), e para tal, não há nada melhor que a internet, certo?

Pois é. Mas em se tratanto de informação, a busca e a organização dela, o povo não tem o controle.

Num futuro próximo, se a Google não colaborar com o povo e resolver adotar uma posição corporativa, ela simplesmente poderá controlar toda busca na internet, e caso ela queira, seu site pessoal poderá não existir para este que é o maior mecanismo de busca atual.

Se as gigantes de provimento de conteúdo e entretenimento não quiserem, você não fica sabendo das coisas. Exatamente como acontece hoje em dia.

Eu sei que apesar de tudo isso existe a possibilidade ainda de você criar um fórum de discussão em seu servidor caseiro, reunir gente nele e tudo bem.
Mas acontece que a massa, essa que se apresenta exposta a esse tipo de email que você citou, em 30 anos, não conseguirá, da maneira como estamos indo, adquirir a posição de veiculadores de conteúdo, de conhecimento e de idéias. Assumirão menos ainda a posição de criadores de tais.

E, para que possa apontar no futuro uma brechinha no meio de tanta manipulação de massas, acho que seria indispensável a inclusão da população no ambiente software livre. Este sim tem, ao meu ver, condições, e já o fez em vários exemplos reais, de incitar a atitude criativa do ser humano utilizando um computador, que, ninguém duvida, será a base da sociedade.

É só assumindo a posição de criador, e não de consumidor, é que o povo realmente será soberano em sua própria existência.

Postado por: Kiyoshi em fevereiro 7, 2006 10:54 PM


Comente

Aviso legal:
-Não publico comentários anônimos. "josé", "júnior", "maria" e qualquer nome que não informe claramente quem está fazendo o comentário será considerado anônimo. Seja homem (ou se preferir, tenha peito) e assuma sua posição;

-Se quiser que seu comentário seja publicado, informe claramente algum site que o identifique. Pode ser blog, Twitter, Orkut, Facebook ou qualquer perfil na internet e que, por sua vez, também não seja anônimo;

-Não publico comentários desrespeitosos, com palavras de baixo calão, preconceituosos ou que firam qualquer lei desse país;

-Não publico comentários que aparentam ser meras propagandas ou link building;

-Eu publico críticas, desde que respeitem as regras acima.




Lembrar?

(você pode utilizar algum HTML)


Please enter the security code you see here


   Powered by Movable Type