Fabio Seixas, versão txt
Mais um via Technorati
julho 30, 2005, 10:31 PM por Fabio Seixas

Acabei de adicionar no blogroll mais um blog que encontrei no Technorati via busca em português.

Pensando Marketing

 





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (0) | trackback (0)
Link para este post:




Technorati com buscas em diversas linguas
julho 30, 2005, 10:15 PM por Fabio Seixas

Hoje descobri que o Technorati está oferendo buscas em blogs por uma lingua espefícia. UAU! Como isso ajuda a nossa blogosfera brazuca (vejam meu post anterior sobre o assunto).

Basta fazer uma busca qualquer no site e depois escolher a lingua desejada.

Já fica mais fácil achar blogs nacionais de qualidade. Já até adicionei um ao meu leitor RSS. Internet Buzz do colega Carlos Eduardo Bonini.

É, tá na hora de colocar um blogroll no Versão TXT.

 





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (0) | trackback (0)
Link para este post:




Acham que o consumidor é burro
julho 30, 2005, 5:46 PM por Fabio Seixas

Seth Godin aponta para uma péssima experiência de um consumidor americano ao comprar um gel de barbear da Gillette.

Via BoingBoing, com fotos no Flickr.

Seth Godin não está errado ao afirmar que "todos os marketeiros são mentirosos"





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (0) | trackback (0)
Link para este post:




RSS Brazuca
julho 28, 2005, 2:02 PM por Fabio Seixas

Não entendo como ainda existem importantes blogs e canais de notícias no Brasil que ainda não oferecem conteúdo via RSS (Really Simple Syndication).

RSS é extremamente útil para organizar todas as informações que queremos ou devemos acessar com frequencia. Arrisco dizer que em pouco tempo oferecer conteúdo online via RSS será padrão de mercado.

Hoje acessei o blog do Fernando Duarte, correspondente do jornal O Globo em Londres e amigo de longa data e constatei que este jornal não oferece conteúdo RSS nem das notícias nem dos blogs dos redatores.

A Folha de São Paulo já fornecesse conteúdo via RSS a algum tempo. Por que o jornal O Globo, um dos principais jornais do país, também não oferece?

Alguns bons blogs nacionais também não oferecem RSS. É o caso do excelente blog do Mario Persona. Eu particularmente iria acompanhar este blog com mais frequencia se tivesse ele listado no meu leitor de RSS.

Por outro lado, existem os blogs que oferecem RSS mas poderiam faze-lo tecnicamente melhor. É o caso de outro excelente blog, o do Marcelo Taz, que oferece o link para download do RSS, mas poderia também oferecer o link que fosse compatível com a detecção automática de RSS dos browsers FirefoxMaxthon.

Tá na hora de tirarmos proveito dessa poderosa ferramenta.





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (0) | trackback (0)
Link para este post:




Mais uma de Marketing não tradicional
julho 26, 2005, 7:59 PM por Fabio Seixas

Hoje li um artigo no CNet News.com sobre uma campanha de um produto da Unilever chamado "I Can't Believe It's not Butter ®".

Primeiro um comentário sobre o nome do produto. É simples, é fora do padrão de nomes de produtos em geral e passa a mensagem certa. Só para explicar, esse produto é um substituto para a manteiga tradicional. Tem o mesmo gosto da manteiga só que sem todas as coisas que fazem mal de uma manteiga normal. E ainda vem em um frasco com spray.

Mas o comentário principal deste post é justamente a campanha em si. A Unilever tradicionalmente faz muita campanha na TV, mas para esse produto em específico, ela apostou numa campanha de marketing totalmente não tradicional. Apostou na Internet, com um formato criativo, instigante e viral.

Acesse o site da campanha e você encontrará um hot site com 4 "Webisodes" (episódios via web!). No momento da autoria deste post, só existiam 2 episódios publicados.

A campanha é na verdade uma paródia da novela de maior sucesso nos EUA, Day of our lives. No hot site você vai encontrar a novela "Sprays of her life".

O ponto a salientar aqui é a atitude de um grande player mundial estar apostando fielmente em uma única campanha de marketing viral online para a divulgação de uma nova versão de seu produto.

Marketing viral deixou de ser algo só para os pequenos negócios que tem pouca verba e muita criatividade. Os grandes estão percebendo que o marketing tradicional está falindo e estam buscando novas alternativas.

Vale a visita. Eu fiquei curioso para ver o final da novela.

Em tempo: A Burger King fez a mesma coisa a uns meses atrás para divulgar um novo sanduíche de frango. Vejam o site Subservient Chicken. Virou febre nos EUA. Existem até sites dedicados aos movimentos que a galinha faz sob seu comando.





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (0) | trackback (0)
Link para este post:




Outro Ego Marketing?
julho 26, 2005, 1:57 AM por Fabio Seixas

Resolvi pesquisar se alguém alguma fez já escreveu sobre Ego Marketing. Descobri que na Alemanha essa expressão é muito usada para descrever o marketing usado para valorizar a sua pessoa. Um conceito um pouco diferente do que proponho.

Mas também achei esse artigo que usa o mesmo termo, mas um conceito totalmente diferente. Como o próprio aritgo diz:

"Ego Marketing is the trap of writing marketing copy to please or flatter yourself, rather than to persuade your target audience. Ego Marketing is a real danger, especially for entrepreneurs, who have to be able to talk about themselves (and usually have many good things to say). Good marketing consists of communicating your unique value to your target market. Ego marketing, on the other hand, makes you feel good at the expense of really communicating with your target.

 

Ego marketing gets in the way of your sales efforts, reduces the effectiveness of your communication, and in many cases actually turns prospects off. In today's cluttered marketplace, it's hard enough to stand out from the crowd without giving yourself the handicap that comes from ego marketing.

 

Some forms of ego marketing are fairly easy to spot. Ever been to a Web site or opened a brochure to be met with a "Word from our CEO?” Ever bother to read it? Me neither. Basically, any graphic design or copy (text) that makes you (the author) feel really good is in danger of failing the “ego test.” "

 





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (0) | trackback (0)
Link para este post:




Ego Marketing
julho 24, 2005, 2:43 AM por Fabio Seixas

Outro dia estava pensando sobre marketing viral, marketing boca a boca e coisas afins e acabei formulando um conceito interessante de marketing.

Esse conceito começou a tomar forma poucos dias após eu comprar meu iPod Shuffle. Estava pensando justamente no fenômeno que o conceito iPod criou e como as pessoas agiam em relação ao produto e ao hype todo.

Todo mundo (ou quase) gostaria de ter um iPod. Ter um iPod significa estar na vanguarda, ser cool. Só que de nada adianta você ter um iPod e não mostrar para todo mundo dizendo para todos que você está na vanguarda, é descolado, etc. Então o que as pessoas fazem? Colam adesivos da Apple em seus carros, andam com seus iPod Shuffle pendurados no pescoço, não perdem a oportunidade de dizer que tem um.

Que fenômeno é esse que leva as pessoas a falarem tanto e tão bem de um produto? Que leva as pessoas a ter orgulho de mostrar que possuem um produto?

Acho que a resposta está no ego dos serem humanos. Todos querem ser bem aceitos pela sociedade. Faz bem para o ego saber que você é bem aceito na sociedade. Então os consumidores usam (e mostram que usam) estes produtos como uma forma de serem bem vistos.

Isso é o que eu chamo de EGO MARKETING. Aproveitar o ego dos consumidores para divulgar a sua marca ou produto, seja de maneira subliminar, seja através do boca a boca.

Faz bem para o ego destes consumidores mostrar seja-lá-qual-for-a-motivação de usar um produto.

O iPod é só um caso. Pegue por exemplo as pulseiras Live Strong. O que são as pulseiras além de um artigo que serve para mostrar ao próximo o quanto você é socialmente engajado por uma causa, no caso, o combate ao câncer? Tudo bem, as pulseras acabaram virando um artigo mais fashion do que um apoio a uma causa, mas mesmo no conceito fashion a pulseira tem o propósito de alimentar o ego das pessoas que as usam. As pessoas usam as pulseiras porque a sociedade enxergará isso de uma boa forma, seja pela causa, seja por ser uma pessoa na moda.

A moda de roupas é basicamente isso. Dizer para todo mundo que você está atualizado com as últimas tendências. Isso faz bem para o ego.

Outros exemplo bem sucedidos de ego marketing:

  • VW New Beetle - Tenha um e fique charmoso. Faz bem para o ego
  • Orkut - Quem tem mais amigo? Ser popular faz bem para o ego
  • Harley-Davidson - "Eu posso ser um quarentão, mas tenho atitude e isso faz bem para o meu ego"
  • Google - Faça do Google seu companheiro na web e você será o nerd mais bacana do pedaço.
  • Ferrari - "Vejam vocês, eu posso gastar 300 mil dolares em um carro." Ego puro.

Como podemos propor estratégias de ego marketing? Algo para pensar. :)


 





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (8) | trackback (2)
Link para este post:




Marketing em uma garrafa de vinho
julho 23, 2005, 5:40 PM por Fabio Seixas

Que maneira incrível de fazer marketing. Através de uma garrafa de vinho!

Hugh Macleod (gapingvoid.com) queria divulgar o seu novo vinho. Pensou em usar a blogosfera para isso.

Em maio deste ano, ele convidou bloggers da Inglaterra a se conditatarem a receber uma garrafa gratuita de vinho branco. Mas haviam algumas regras:

1. You have to live in the UK.

2. You have to be a blogger, with a regularly updated blog at least 3 months old.

3. You have to send me an e-mail with the words "Blogger's Wine Freebie" in the title. Please include your full name, your blog URL, your mailing address, and a written statement that you're 18 years old or over.

Esta semana os vinhos comecaram a chegar nas casas dos blogueiros ingleses. Uma idéia simples. Colocar o nome e a url do blogueiro no rótulo da garrafa e enviar junto uma brochura super simpática.

Todos os blogueiros ficaram animados pela ação de marketing e começaram a postar sobre o vinho em seus blogs. Ou seja, Hugh não só conseguiu encartar seus futuros clientes com um bom produto bem apresentado como também conseguiu um bocado de publicidade gratuita.

Alguns exemplos:
http://www.woffle.com/article/181/free-wine
http://www.petercooper.co.uk/archives/000814.html
http://www.betaroad.com/weblog/archives/000906.html

Blog do vinho Stormhoek:
http://www.stormhoek.com/





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (1) | trackback (0)
Link para este post:




Design é rei!
julho 21, 2005, 11:33 PM por Fabio Seixas

Parafraseando Tom Peters "Design é a alma da criação humana". Quem não se encanta ao ver a uma bela peça com um excelente design? Um iPod, uma escova de dente de última geração, um software bacana, um VW New Beetle brilhando na rua.

Design deveria ser estudado na faculdade, deveria ser matéria obrigatória para todas as profissões. Se você parar pra pensar verá que todo mundo pode implementar design no seu dia a dia. Qualquer profissional. Imagine um médico que se encanta ao fazer uma prescrição médica que é perfeita em todos os sentidos. Um engenheiro de sistemas que constroe um sistema lindo de ver e usar. Um escritor que coloca no mercado um livro bem elaborado que te prende da primeira a última página. Isso é design também.

Design não é só aparência. É também processos bem feitos, bem elaborados. O design do passado era considerado custo no desenvolvimento de um produto. Agora ele é agregador de valor. Tire o design do iPod e ele será somente um MP3 player como outro qualquer e no entando esse ícone do design contemporâneo salvou a Apple. movel2.jpg

Em tempo: A Straight Line Designs faz móveis infantis simplesmente fantásticos. Isso é ter o design como parte do processo. www.straightlinedesigns.com













Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (1) | trackback (0)
Link para este post:




E agora?
julho 21, 2005, 7:40 PM por Fabio Seixas

Um excelente post de Steve Rubel sobre dez tendências web que podem revolucionar a maneira como as empresas e pessoas se comunicam e se informam.

O Cluetrain já é velho conhecido. Está no ar desde 1999 colocando na web idéias e conceitos maravilhosos.

O The Long Tail (The Long Tail Blog) é fantástico. Um artigo escrito na Wired no ano passado que fez muita gente pensar um pouco diferente sobre diversas indústrias.

Na minha opnião, a Categorização Colaborativa, ou o uso Tags na categorização de conteúdo online é a próxima grande sacada. O Flickr, o del.icio.us e o 43 Things fazem isso com grande maestria.

Outra grande sacada é a utilização de RSS Syndication para a distribuição de conteúdo que não seja o formatinho padrão Blog/Notícias. A Microsoft já entendeu isso e promete uma revolução RSS no novo IE 7 e no Longhorn. Um exemplo dessa distribuição de conteúdo via RSS que foge ao padrão é o mecanismo de busca IceRocket. Cada resultado de busca pode ser visto via RSS.

Ai eu pergunto. O que você está fazendo para fazer parte da próxima revolução?

Eu to fazendo a minha parte. Mais novidades em breve. Stay tuned!





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (0) | trackback (0)
Link para este post:




Blogosfera brasileira
julho 21, 2005, 3:29 AM por Fabio Seixas

Ando meio desanimado com a blogosfera brasileira. Não sei exatamente o que é, mas vejo como os gringos (não só os americanos, mas principalmente os europeus) se "empolgam" com essa grande comunidade comunicativa, linkada e comentarista que é a blogosfera mundial.

Não vejo por aqui serviços especializados de qualidade (existem poucos na verdade) como o Technorati, o Bloglines ou qualquer outro serviço que fomente de verdade a blogosfera brasileira.

Vejo muitos blogs nacionais que nem seguer oferecem conteúdo via RSS ou Trackbacks. Na verdade vejo blogs demais que não oferecem conteúdo relevante.

Existem blogs muito bons no Brasil (Garotas que dizem ni, Pensar enlouquece, Mário Persona) e com certeza existem boas iniciativas para fomentar a blogosfera nacional (TopLinks, Blogs.com.br).

Mas o que podemos fazer para tornar a blogosfera nacional em uma efetiva e poderosa ferramenta de formação de opnião nacional, assim como aconteceu na última eleição presidencial dos EUA onde centenas de blogs políticos foram utilizados por leitores ávidos por delinear suas opções eleitorais ou para opniar ou precionar as autoridades sobre as fraudes na Flórida?

Será que essa percepção é só minha ou outros compartilham comigo a mesma opnião?





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (1) | trackback (0)
Link para este post:




Usando esse espaço na tarefa de pensar
julho 21, 2005, 2:25 AM por Fabio Seixas

Decidi criar um blog. Em geral sou aberto a novidades, principalmente no que diz respeito a Internet. Criei um blog no Blogger em 2002 só para "ver qual é" e entender a novidade da época. Confesso que não saquei a grandiosidade da ferramenta. Na época fiz uns posts de teste e nada mais.

Segundo um paper sobre porque as pessoas blogam (PDF), existem 5 motivadores que levam uma pessoa a criar um blog:

· Documentar a vida do autor. Esse é o que melhor define o diário pessoal;

· Promover comentários e opniões onde o autor coloca seu ponto de vista em assuntos ao seu alcance;

· Expressar emoções pessoais de qualquer natureza;

· Formar e fomentar comunidades de pessoas ao redor de um assunto;

· Ajudar a pensar. E conseguentemente, compartilhar isso com o mundo.

Esse último é justamente a minha motivação. Passam milhares de coisas na minha cabeça. Muitas coisas simplesmente caem no esquecimento. Então nada melhor do que documentar isso num blog e ainda compartilhar isso com outras pessoas. Dessa forma me forço a manter a cabeça em funcionamento.

Farei um blog que seja útil, que agregue valor. Que você tenha vontade de ler sempre que for atualizado.

Não pretendo falar aqui da minha vida pessoal (um offtopic eventual talvez). Quero escrever sobre os assuntos que gosto de estudar, de ler e de conversar. Sobre as minhas percepções destes assuntos que tenho no dia-a-dia. Gosto de negócios, empreendimentos, business, marketing, tecnologia, Internet, gerenciamento. Gosto de pessoas que fazem diferença, de competências extraordinárias, de legados maravilhosos, de sonhos aparentemente impossíveis que se tornaram realidade, de projetos maravilhosos.

Esse blog é a versão texto do que penso todo dia. Fabio Seixas, versão txt.





Adicionar à: del.icio.us | Rec6 | My Yahoo 2.0
permalink | comentários (0) | trackback (0)
Link para este post:






    Powered by Movable Type